FB FANPAGE2.png

O coletivo Instrumento de Ver está de volta com PORUMTRIZ

Criado em 2015, segue agora com o patrocínio do FAC/DF e o Prêmio Funarte de Circulação de Espetáculos Circenses 2018.

Apresentações no DF:

GAMA

Dias 27 e 29 de outubro - 20h

Teatro Paulo Gracindo

SESC Gama

CEILÂNDIA

Dias 31/10 e 1º/11 - 20h

Teatro Newton Rossi

SESC Ceilândia

PLANO PILOTO

Dias 10 e 11/11 - 20h

Espaço Cultural Renato Russo 508 Sul

Ingressos: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia-entrada)

ACESSIBILIDADE: Os teatros possuem estruturas físicas acessíveis para as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

As sessões dos dias 27 e 31/10 terão interpretação em LIBRAS.

Apresentações no Rio de Janeiro:

5º Festival Internacional de Circo do Rio de Janeiro

dia 17 e 18/11 - 19h30

Arena Carioca Dicró

Ingressos: R$ 10 (inteira) / R$ 5 (meia-entrada)

Apresentações em Fortaleza:

9º Festival Popular de Teatro de Fortaleza

Teatro CUCA Barra - 19h30

CLASSIFICAÇÃO INDICATVA: LIVRE

P O R U M T R I Z

O risco da vida sob a ótica de uma acrobata.

SINOPSE

PORUMTRIZ fala das experiências da artista Beatrice Martins, ginasta da seleção

brasileira na sua adolescência, em um tom documental, auto-biográfico e espetacular.

O espetáculo faz a transição da ginasta para a trapezista, falando de sonhos, sonhos

interrompidos, objetivos impossíveis, objetivos concretizados e realidades que caem na

nossa cabeça. PORUMTRIZ tem direção, coreografias e dramaturgia de Raquel Karro

e coloca o circo em diálogo com outras linguagens, evocando um elemento que é

freqüentemente posto em evidência pelo artista circense: o risco da morte.

Esse risco pode ser metafórico, mas muitas vezes é real.

DURAÇÃO DO ESPETÁCULO:

50 minutos

 

FICHA TÉCNICA

Direção, coreografias e dramaturgia: Raquel Karro

Intérprete criadora e idealizadora: Beatrice Martins

Direção técnica, criação de aparelhos e participação especial: Daniel Lacourt

Assistência de direção: Julia Henning

Direção de vídeo e projeções: Cícero Fraga e COMOVA

Direção musical e trilha sonora original: Luiz Olivieri

Figurino e cenografia: Roustang Carrilho

Iluminação: Pedro Martins

Fotografias: João Saenger

Identidade visual: Bruna Daibert

Produção: Flora Genial

Realização: coletivo Instrumento de Ver

 

Vídeos projetados:

Diretor: Cícero Fraga

Direção de Fotografia: Alan Schvarsberg

Produção: Silvio Cohen

Assistente de direção: Gustavo Amora

Produtora de vídeo: COMOVA

 

Músicos:

Produção musical e sintetizadores: Luiz Olivieri

Voz: Nathália Lima

Clarineta: Sheila Dellezzopolles

Violino: Jessé Costa

 

TEMPO NECESSÁRIO PARA MONTAGEM DE EQUIPAMENTOS: 7 horas

4h para a montagem dos equipamentos e cenário + 3h de montagem de luz e afinação.

TEMPO NECESSÁRIO PARA DESMONTAGEM DE EQUIPAMENTOS: 2 horas