arte de Bruna Daibert

arte de Bruna Daibert

O coletivo Instrumento de Ver e a Cervejaria Criolina convidam para mais uma edição desse encontro que mistura pão, cerveja e intervenções cênicas em comemoração aos 15 anos das atividades do coletivo.

O menu da vez está mais circense do que nunca, recheado dos pratos da casa com aquele tempero carioca mais que especial: mistura de cerrado com maresia. Os convidados da vez são: Diana Bloch, brasiliense, acrobata aérea e dançarina, ex-intergrante da Intrépida Trupe/RJ e atriz formada pela Cie Theâtre 2 l'acte, em Toulouse/França; o carioca Edgard Ramos, especialista em mastro chinês, bailarino, ator e capoeirista,formado na Escola de Circo "Le Lido", em Toulouse/França, que, juntos, formam o coletivo Nó de Gravata, que já fez andanças pela Itália e França e estão agora na ponte Rio-Brasília. Isabela Mello, brasiliense, recém formada na Escola Nacional de Circo do RJ também participa desse Mexidão, botando bastante equilíbrio no picadeiro do Criolina.

Pão & Circo é a oportunidade de encontrar os amigos ao som dos DJs do Criolina, beber suas cervejas especiais, apreciar quitutes da padaria mais premiada da cidade e estar preparado para degustar deliciosas surpresas artísticas.

SERVIÇO

                                                                                                                                     Pão e Circo na Cervejaria Criolina                                                                                                                                            19/07 de 19h às 1h
CONTRIBUIÇÃO ESPONTÂNEA
SOMENTE EM DINHEIRO
Sujeito à lotação

Mais informações:
instrumentodever@gmail.com
61. 98133-4433 | 99966-0663

. . . . .
REALIZAÇÃO
Coletivo Instrumento de Ver
PARCEIROS
La Boulangerie || Cervejaria Criolina
Espaço Pé Direito || Traços Aéreos || Coletivo Nó de Gravata

Os devorados de junho foram a galera da Andaime Cia de Teatro, com suas performances políticas descaradas no meio do picadeiro armado pelos acrobatas do Instrumento de Ver. Os artistas prepararam juntos mais uma noite única e apetitosa, criada especialmente para o galpão dos amigos do Criolina.

Os devorados de junho foram a galera da Andaime Cia de Teatro, com suas performances políticas descaradas no meio do picadeiro armado pelos acrobatas do Instrumento de Ver. Os artistas prepararam juntos mais uma noite única e apetitosa, criada especialmente para o galpão dos amigos do Criolina.

A primeira convidada foi a COMOVA, parceira do Instrumento de Ver nas criações audiovisuais, desde 2012. Aproveitando o encontro, foi lançado o último trabalho resultado desta parceria, o curta-metragem O Homem Banco, já selecionado para dois festivais internacionais, um em Portugal e outro na Áustria.

A primeira convidada foi a COMOVA, parceira do Instrumento de Ver nas criações audiovisuais, desde 2012. Aproveitando o encontro, foi lançado o último trabalho resultado desta parceria, o curta-metragem O Homem Banco, já selecionado para dois festivais internacionais, um em Portugal e outro na Áustria.

O menu de maio foi o Mexidão Circense, com temperos especiais de artistas da cena local, convidados “a dedo” pelo coletivo. Davi Maia, Allana Matos e Nanci Cravinho foram devorados pelo coletivo Instrumento de Ver.

O menu de maio foi o Mexidão Circense, com temperos especiais de artistas da cena local, convidados “a dedo” pelo coletivo. Davi Maia, Allana Matos e Nanci Cravinho foram devorados pelo coletivo Instrumento de Ver.