18402974_1328391490541928_8571874934561948376_n.jpg

PÃO E CIRCO DE MAIO | Prato principal: mexidão circense

Você tem fome de que?

O coletivo Instrumento de Ver e a La Boulangerie realizam, no próximo dia 17, mais uma edição festim antropofágico na Cervejaria Criolina, a mais nova cervejaria cultural da cidade. O evento que mistura pão, cerveja e intervenções cênicas em comemoração aos 15 anos de atividades do Coletivo, teve a sua primeira edição em abril e surpreendeu a todos que compareceram para conferir a estripulias do coletivo e a estreia d’O Homem Banco, curta-metragem realizado em parceria com a COMOVA.

O menu de maio será o Mexidão Circense, com temperos especiais de artistas da cena local, convidados “a dedo” pelo coletivo. “Vamos encontrar estas pessoas diversas, para descobrir que caldo dá. É a primeira vez que trabalhamos com estes convidados e estamos bem curiosos”, conta Beatrice Martins, uma das artistas e organizadoras do evento.

Pão e Circo é uma oportunidade de encontrar os amigos ao som do coletivo de DJs do Criolina,  beber suas cervejas especiais, apreciar quitutes da padaria mais premiada da cidade e estar preparado para degustar deliciosas surpresas artísticas.

o circo

Instrumento de Ver é um coletivo de artistas independentes com formações e atuações diversas,  com pesquisa e produção nas relações entre as artes do circo,  dança,  teatro contemporâneo,  música,  fotografia e vídeo. Tem como objetivo fortalecer as artes por meio da criação e produção de projetos culturais que proporcionem experiências originais ao público, além de contribuir com a construção de redes de atuação colaborativas.

Este ano o coletivo completa 15 anos desenvolvendo sua pesquisa no sentido de utilizar o  circo como uma arte corporal permeável à interferência de métodos explorados por outras artes. Acredita que essa reinvenção de formas de criação proporcionará  outras possibilidades artísticas, alimentando a arte contemporânea com diferentes combustíveis.

o pão

Em parceria neste banquete, a La Boulangerie, uma padaria brasiliense tipicamente francesa, com pães produzidos de forma artesanal e seguindo o reconhecido "savoir faire" francês. Premiada pela Revista Veja como a Melhor Padaria de Brasília.

a cerveja

A Cervejaria Criolina é um espaço criado por artistas e produtores culturais apaixonados por cerveja, cultura local e por um estilo de vida onde arte e experiência são sempre aliados e que acreditam que revolução nenhuma é solitária, pra mudar o mundo é preciso uma turma. É neste espírito revolucionário do encontro entre o Coletivo Criolina e as cervejas especiais, feitas no bosque da Alecrim, do mestre cervejeiro Fábio Bakker.

Ousada, criativa e inspiradora desde sua concepção, a Cervejaria Criolina abre a sua casa em um Galpão Design, na zona industrial de Brasília - fora do sítio tombado da cidade e assinado pela BLOCO arquitetos, para oferecer cerveja sempre boa e diversão em doses industriais. Um espaço amplo, dinâmico e mutável, pensado para se transformar e ser transformado a depender da atração do dia. Na Cervejaria Criolina inovação, cultura e experiência são os motores propulsores: seja na decoração do ambiente à música nas pick ups dos Djs da casa. Uma experiência sempre única para quem visita.


 

SERVIÇO

Pão e Circo

Quarta-feira dia 17/05 à partir das 19h na Cervejaria Criolina

SOF Sul Quadra 01 Conjunto B lote 06 (atrás do Casa Park)

Informações: instrumentodever@gmail.com

61. 98133-4433 | 99966-0663

17523598_1297934313587646_1076956538634729667_n.png

Detail 2

The following is placeholder text known as “lorem ipsum,” which is scrambled Latin used by designers to mimic real copy. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nulla lectus ante, consequat et ex eget, feugiat tincidunt metus. Quisque congue porttitor ullamcorper. Vestibulum ante ipsum primis in faucibus orci luctus et ultrices posuere cubilia Curae.

Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Donec ac fringilla turpis. Integer tempus, elit in laoreet posuere, lectus neque blandit dui, et placerat urna diam mattis orci. Nullam sit amet nisi condimentum erat iaculis auctor. Mauris id fermentum nulla.