idv_capa_fanpage.png

2ª edição | 07 a 16 de dezembro de 2018

Espaço Cultural Renato Russo | Galpão Instrumento de Ver

O festival Arranha-céu nasceu das nossas inquietações colecionadas ao longo desses últimos 15 anos totalmente mergulhados no circo. Como um grupo realizador, nossas inquietações sempre viram ações, e assim nós resolvemos: com discussão, propostas e criação artística. Partindo de questões como - O que o circo vem propondo enquanto meio de expressão artística? Qual a sua relação com o espaço em que está inserido? Como ele vem se relacionando com as novas formas de comunicar, atreladas à rápida e fugaz tecnologia? - criamos um novo espaço de circulação de experiências, no qual tudo o que queremos é questionar público e artistas sobre o que é o circo e o que ele pode ser. Desapegados da imagem romântica e nostálgica do circo e suas figuras emblemáticas, queremos falar de outra coisa: se tirarmos os animais, as caravanas, as tendas, a estrutura dramatúrgica tradicional, e outros elementos que compõem esse imaginário,  o que nos resta? Queremos resgatar o circo como espaço do novo, da surpresa, da diversidade e da atualidade das suas propostas artísticas

O 2º Arranha-Céu - festival do circo atual acontecerá entre os dias 7 e 16 de dezembro deste ano. Será um encontro circense com foco nas novas formas de expressão do circo enquanto linguagem artística múltipla e contemporânea, que tem como objetivo apresentar ao público a diversidade e a atualidade da produção circense por meio do intercâmbio artístico, formação de público e espetáculos, além de discussões teóricas sobre o fazer criativo, tudo isso aliado ao tema "É tudo circo". Nesta edição contamos com o patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura e da Embaixada da França, o que ampliou ainda mais o alcance do festival. Agora contará com artistas da França, Argentina, Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, que estarão conosco em 9 dias de trocas no Espaço Cultural Renato Russo, na 508 sul, e no Galpão Instrumento de Ver, na Vila Planalto.


A programação do festival prevê as seguintes atividades:

07, 08 e 09 de dezembro Abertura: O Cano, circo Teatro Udi Grudi no Teatro Galpão / Espaço Cultural Renato Russo

Temos a honra de receber as apresentações comemorativas de 20 anos deste espetáculo que criou a cara do circo de Brasília. INGRESSOS R$40

12 de dezembro Encontro de Alunos de Circo no Teatro Galpão / Espaço Cultural Renato Russo

Com o intuito de incentivar o ensino das técnicas circenses e disponibilizar um espaço de troca e acolhimento, o festival Arranha-Céu oferece um espaço para os alunos de circo da cidade, dentro de sua programação. Nesta edição os professores foram desafiados a propor criações com o tema “ O circo no cotidiano”. INGRESSOS R$20

14 e 15 de dezembro Cine Circo na Sala Marco Antônio Guimarães / Espaço Cultural Renato Russo

Não são filmes sobre circo, são filmes utilizando o circo como meio, como cena, como motivador. Com curadoria de Cícero Fraga, promete um recorte mais amplo, levando a sério o tema do festival esse ano: É tudo circo! ENTRADA GRATUITA


14 de dezembro Colóquio Pilotis, com Maroussia Diaz Verbèke no Teatro Multiuso / Espaço Cultural Renato Russo

O colóquio é um espaço de encontro e troca de ideias. Nesta edição teremos como convidada especial a artista circense, dramaturga e diretora Maroussia Verbeke, que vem ao Brasil especialmente para falar sobre seu tema de pesquisa: a circografia. Iremos pensar juntos a dramaturgia do circo e sua escritura. ENTRADA GRATUITA

07 a 11 de dezembro Residência Criativa no Teatro Galpão / Espaço Cultural Renato Russo

A residência criativa propõe um processo co-criativo focado nos métodos e procedimentos da criação circense que vêm sendo investigados pelo coletivo Instrumento de Ver. A comunicação e as subjetividades construídas a partir do encontro entre esses procedimentos e o grupo de artistas selecionados serão explorados como tema nesse processo de residência criativa. Os artistas serão estimulados a utilizar diferentes mídias nessas criações, provar diferentes formatos e suportes de apresentação na exploração do tema do festival: “é tudo circo!”.


16 de dezembro Cabaré Noite Aérea no Teatro Galpão / Espaço Cultural Renato Russo

É um espetáculo no formato de cabaré, que reúne números circenses ligados por uma dramaturgia criada na residência artística. Com a proposta de dinamismo e de acessar diferentes conteúdos ao mesmo tempo, o Cabaré Noite Aérea apresenta um panorama do que está sendo produzido na cidade. Partindo desse formato mais clássico de cabaré, vamos propor aos artistas um jogo que brinque com a curta duração dos números e a criação em diferentes mídias, não só a performance técnica circense, trazendo à tona a potência do circo e as suas infinitas possibilidades e aproximando a criação artística do hibridismo e das possibilidades intermídias. Considerando mídia, aqui, como qualquer meio de comunicação/expressão, desde as mais antigas às mais modernas. INGRESSOS R$20

Oficinas

Aproveitando que vem um pessoal muito bacana, com pesquisas variadas nas artes circenses, o Galpão Instrumento de Ver irá receber as oficinas: Trapézio Fixo com Sofia Galliano (Argentina); Experimento Corpo em Expansão com Ana Maíra Favacho (São Paulo) e Acrodança com cia Delápraká (Rio-França).

Em breve divulgaremos datas, valores e ficha de inscrição.


Espetáculos convidados

Os espetáculos convidados para participar da segunda edição do festival Arranha-Céu são: Palafita, da companhia Fuzuê (Fortaleza/CE), Antes Crudo, da Cia Nido (Rosário/Argentina), Maiador, da Cia Delá Praká (Bsb-Rio-França), Outras Formas (SP), além dos brasilienses Utopia, dos Circênicos, Quimera´s Bar, da Trupe de Argonautas e um processo criativo da pesquisa Geringonça do coletivo Instrumento de Ver, com bancos e garrafas. INGRESSOS R$20

A partir de um olhar atento para a cena contemporânea do circo e de um diálogo com diferentes grupos, acreditamos que esse recorte vai permitir ao público uma aproximação das novas produções circenses. A ideia é trazer para Brasília produções nacionais e internacionais antenadas com a atualidade e que utilizam o hibridismo como uma ferramenta para suas criações e criar uma rede de convívio e intercâmbio entre criadores do circo contemporâneo.

MAIS INFORMAÇÕES

festivalarranhaceu@gmail.com




PROGRAMAÇÃO DIÁRIA

07 a 11 de dezembro - Residência Artística 14h às 18h TEATRO GALPÃO

07, 08 e 09 de dezembro - O Cano, Udi Grudi (Brasília, Brasil) 20h TEATRO GALPÃO

11 de dezembro - Utopia, Circênicos (Brasília, Brasil) 10h30 e 20h0 TEATRO GALPÃO


12 de dezembro - Encontro de Alunos (Brasília, Brasil) 20h TEATRO GALPÃO

13 de dezembro - Quimera´s Bar (Brasília, Brasil) 21h TEATRO GALPÃO

14 de dezembro - Colóquio Pilotis com Maroussia Diaz Verbèke 10h TEATRO MULTIUSO

     Cine circo 18h SALA MARCO ANTÔNIO

   Garrafas, coletivo Instrumento de Ver (Brasília, Brasil) 19h TEATRO MULTIUSO

     Maiador, cia Delá Praká (Rio-França) 21h TEATRO GALPÃO

15 de dezembro - Cine circo 18h SALA MARCO ANTÔNIO

     Outras formas, espetáculo que reúne dois processos criativos:

     Rotina Equilibrada, Leo Shammah e Coração de Terra,  Ana Maíra

     Favacho (Brasília-São Paulo) 19h TEATRO GALPÃO

     Antes crudo, Cia Nido (Rosário, Argentina) 21h TEATRO GALPÃO

16 de dezembro -Utopia, Circênicos (Brasília, Brasil) 16h TEATRO GALPÃO

    Palafita, Grupo Fuzuê (Fortaleza, Brasil) 19h TEATRO MULTIUSO

     Noite Aérea - Cabaré (Brasília - Rio-São Paulo, Brasil) 20h TEATRO GALPÃO


Ficha Técnica

Idealização e Realização

Coletivo Instrumento de Ver

Produção Geral

Maíra Moraes, Julia Henning e Cirila Targhetta

Coordenação de Comunicação

Beatrice Martins

Produção Executiva

Joana Macedo

Direção técnica, montagem e segurança

Vinicius Martins e Daniel Lacourt

Coordenação Encontro de Alunos

Bela Levi

Coordenação de oficinas

Luiza Adjuto

Colóquio Pilotis

Convidada especial: Maroussia Diaz Verbèke

Curadoria Cine Circo

Cícero Fraga (COMOVA)

Direção Artística da Residência

Julia Henning, Maíra Moraes, Beatrice Martins e Vini Martins

Identidade Visual

Leandro Honda

Iluminação
Euler Oliveira

Técnico de som

João Dimas

Professores de Circo parceiros

Clara Lenzi

Nayara Mirandas

Levitare Acrobacias

Espaço Pé Direito

Patrocínio

FAC

GDF

Apoio Institucional

Embaixada da França no Brasil

Institut Français

Apoios

La Boulangerie

Dom Floriano

Hostel Joy

Restaurante Estrela do Sul

Restaurante Dona Zélia

Parcerias

OBG Filmes

Traços Aéreos

Trupe de Argonautas

Udi Grudi

Circênicos

Instituto Bem Cultural